Neandertais não eram inferiores em inteligência aos humanos modernos

O Neandertais não eram inferiores em inteligência aos humanos modernos, afirma um novo estudo publicado na revista PLoS ONE.

A noção generalizada de que os Neandertais eram menos dotados e que sua inteligência era inferior foi um factor decisivo para o seu desaparecimento, – por terem que competir com o homem moderno -, é uma teoria que está a ser contestada a partir de novas evidências científicas compiladas por investigadores da Universidade Boulder do Colorado.

Os Neandertais prosperaram numa grande área da Europa e Ásia entre 350.000 e 40.000 anos atrás. Eles desapareceram depois dos nossos antepassados, um grupo conhecido como “os seres humanos anatomicamente modernos”, terem entrarado na Europa.

Os Neandertais não eram inferiores em inteligência aos humanos modernos Alguns investigadores têm tentado explicar o seu desaparecimento sugerindo que os recém-chegados homo – sapiens foram superiores aos neandertais em alguns aspectos fundamentais, como a sua capacidade de caçar, comunicar, inovar e adaptar-se a diferentes ambientes.

Agora, uma extensa revisão das investigações realizadas sobre o Neandertal, realizada pelos arqueólogos Paola Villa e Wil Roebroeks, este último arqueólogo da Universidade de Leiden, na Holanda, dizem que as novas evidências não suportam essa opinião.

Este trabalho foi agora publicado na Revista PlosOne com a a seguinte referência:
Neandertal Demise: An Archaeological Analysis of the Modern Human Superiority Complex Villa P, Roebroeks W (2014) Neandertal Demise: An Archaeological Analysis of the Modern Human Superiority Complex. PLoS ONE 9(4): e96424. doi: 10.1371/journal.pone.0096424
Comentários
Loading...