Centro Interpretativo do Castelo de Ansiães

O projecto museográfico, da autoria dos arqueólogos Luís Pereira e Isabel Justo Lopes, expõe de forma concisa e com uma ordenação cronológica o processo histórico concelhio, centrando o grosso da informação no castelo e vila amuralhada de Ansiães, um local arqueológico classificado como Monumento Nacional e cuja história evoluiu de forma ininterrupta desde o período Calcolítico (3º milénio a.C) até ao finais do século XVIII.

O Centro Interpretativo do Castelo de Ansiães (CICA) é uma estrutura cultural da Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães que permite ao visitante o encontro com a História do concelho.

Pensado a partir das ruínas de uma casa tradicional, o projecto de arquitetura, apoiado pela Direcção Regional de Cultura do Norte e executado pela empresa Sjgs Arquitectos, criou um espaço amplo e ensolarado que se distribui por dois pisos onde se expõem artefactos arqueológicos e um discurso museográfico sustentado em dez anos de investigações arqueológicas levadas a cabo por todo o concelho, mas particularmente no casteloe vila amuralhada de Ansiães.

O projecto museográfico, da autoria dos arqueólogos Luís Pereira e Isabel Justo Lopes, expõe de forma concisa e com uma ordenação cronológica o processo histórico concelhio, centrando o grosso da informação no castelo e vila amuralhada de Ansiães, um local arqueológico classificado como Monumento Nacional e cuja história evoluiu de forma ininterrupta desde o período Calcolítico (3º milénio a.C) até ao finais do século XVIII.

As duas salas expõem artefactos que testemunham antigas ocupações, sendo de realçar uma das maiores coleções de estelas discóides existentes no nosso país, cerâmicas arqueológicas, moedas, objetos de adorno,etc.; tudo muito bem fundamentado a partir de painéis explicativos que expõem ao visitante as diversas temáticas da história local, onde, a título de exemplo, se incluem alguns dados da paleodemografia do período medieval, ou a produção vinícola na antiguidade, este último, um tema recuperado a partir de alguns exemplares de lagares e lagaretas encontrados no território concelhio.

O Centro Interpretativo do Castelo de Ansiães funciona também como um local de receção ao turista interessado em questões do património cultural. Para tal, o visitante é convidado a ver um pequeno filme que tem como principal objetivo ajudá-lo a decidir pelos monumentos, sítios ou paisagens que mais lhe interessem visitar.

De sublinhar que o concelho é abrangido por uma extensa faixa do Douro Vinhateiro que detém a classificação de Património da Humanidade, enquanto “Paisagem Cultural Evolutiva e Viva”.

O Centro Interpretativo do Castelo de Ansiães está localizado em pleno Centro Histórico da actual vila, na rua Capitão Lobo, e poderá ser visitado de segunda a sexta-feira entre as 9 e as 17:30 horas.

Comentários
Loading...